Por onde começar as mudanças nas organizações?

Que pergunta! Dificil resposta, em projetos de fusão/aquisição é simples a resposta, temos que fazer tudo de uma vez e quando não é este o cenário?

 

Há uma frase que sempre usamos, “quer ganhar um inimigo, gere uma mudança”, talvez seja por isso que inovamos pouco no Brasil ou não sejamos tão competitivo como outros países. Nossos processos são lentos, nosso custo alto, nossa eficiencia operacioal longe de ser uma referencia internacional.

 

Por onde começar as mudanças? E as ‘janelas de oportunidades’ de negócios? Como aproveitar com menos impacto a cultura da organização? Como vencer a resistência a mudança?

 

Se fizermos de uma vez, no estilo ‘big bang’, teremos muitos inimigos rapidamente, se fizemos de maneira incremental provavelmente não trará resultados satisifatório no período que precisamos. Então, como fazer?

 

Abaxo um gráfico que ilustra um estratégia, onde você pode pensar grande, com grandes mudanças, grandes resultados, mas quebra o projeto em ‘entregas’ menores, onde teremos menor risco, menor investimento, menor resistência as mudanças e de repente como ‘mágica’ haverá um crescimento rápido. Em muitos casos está estratégia é um caminho para seu sucesso.

 

mudanca-uires

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *